terça-feira, 4 de março de 2014

Moqueca de camarão à moda do Peaga.

Saulo Fernandes. Ó Cara.
A receita de hoje é para saudar meu amigo e paixão Peaga e a figura mais carismática da Bahia: Saulo Fernandes. O cara é simples, ótimo cantor, digno, humano e com um carisma impressionante.  Encontrar Saulo no trânsito é um grande presente de altruísmo!





Essa receita  eu dedico para meu amigo carismático e gente boa Peaga!



Peaga Peñalvez  um apaixonado pela culinária baiana.



Moqueca de camarão à moda do Peaga.


Ingredientes:
à600 gramas de camarão limpo.
àUma colher de (sobremesa cheia) de sal.
àDois limões.
àUm maço de coentros.
àUm tomate médio fatiado.
à ½ pimentão vermelho e amarelo.
à200 ml de leite coco.
à50 ml de azeite de dendê.
Pirão porção para duas pessoas:

à500 ml de caldo de camarão (feito com a casca e cabeça do camarão, cebola, tomate, 600 ml de água, coentro, alho e sal) deixar ferver bem e coar.
àUma xícara ½ de farinha de mandioca.
àDuas colheres de (sopa) de azeite de dendê.
àCoentro.
Farofa de azeite de dendê.

àDuas colheres de (sopa) de azeite de dendê.
à+/- Uma xícara de (chá) de farinha de mandioca.
àSal a gosto.
Modo de preparar a moqueca de camarão:

Moqueca de camarão à moda do Peaga.
àNa panela de barro ou frigideiraàcoloque uma porção de coentro para forrar o fundo da panelaàacrescente o camarão temperado com sal àleite de coco, pimentões, tomatesà leve ao fogoàquando começar a fervura coloque o suco de dois limões e coentroàdeixe ferver e quando o camarão estiver rosado, desligue o fogo e acrescente o azeite de dendê.






Pirão modo de preparar:

Moqueca no prato.
àColoque em uma panela o caldo de camarão frio e coadoàprove o sal e se achar necessário acrescente maisàadicione a farinha de mandioca e o coentro àleve ao fogo e mexa até engrossar à de acordo com o seu gosto o pirão pode ser firme ou molinhoà quando estiver soltando do fundo da panelaàtá cozidoàjunte o azeite dendêàReserve.
Farofa de dendê modo de preparar:

àNa frigideiraàcoloque o azeite de dendê para aquecerà junte a farinha e misture bemà se quiser acrescentar sal ou outro ingrediente, fique à vontade.





quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Moqueca de Xangó na palha de bananeira.

Primeira receita de azeite do ano e a energia poderosa de Xangô.
Xangô.
A moqueca de xangó na folha de bananeira é o prato típico de São Francisco do Conde. Apreciado pelo seu sabor azedinho e a forma artesanal como é servido na palha de bananeira. Uma das quituteiras famosas do município Dona Preta é tradicionalmente procurada pelos turistas para saborear essa delícia da culinária no recôncavo baiano. De quebra falo um pouco do poderoso Xangô que não tem relação com a moqueca e sim com minha vontade de falar dele.
Nem seria preciso falar do poder de Xangô (Sòngó), porque o poder é a sua síntese. Xangô nasce do poder morre em nome do poder. Rei absoluto, forte, imbatível. O prazer de Xangô é o poder. Xangô manda nos poderosos, manda em seu reino e nos reinos vizinhos. Xangô é rei entre todos os reis. Não existe uma hierarquia entre os orixás, nenhum possui mais axé que o outro, apenas Oxalá, que representa o patriarca da religião e é o orixá mais velho, goza de certa primazia. Contudo, se preciso fosse escolher um orixá todo-poderoso, quem, senão Xangô para assumir esse papel?

Xangó inteiro, filé e o xangó aberto para fazer o montinho.
Vamos à receita?

Moqueca de Xangó na palha de bananeira.
Ingredientes:
àUm quilo de Xangó limpo e aberto como se fosse um bife.
àTrês dentes de alho.
àUma colher de (sopa) de sal.
àUm maço de coentros.
àSuco de três limões.
àUm tomate grande e sem semente.
àUma cebola grande e pimenta.
à200 ml de leite de coco.
à100 ml de azeite de dendê.
àUma folha de bananeira limpa e cortada em quadradinhos (tamanho de um prato de sobremesa).

Modo de preparar:
Montinho de Xangó para fazer à moqueca.
àFaça um molho com o sal, limão, alho e coentroàtempere o filé de xangóàfaça montinhos de cincoàarrume de forma harmoniosa na frigideiraàdecore com fatias de tomate, cebola,pimenta e coentroàdeixe marinar por +/- Uma horaàjunte o leite de cocoàleve ao fogo tampado por +/- Três minutosàprove o sal (não é para ficar salgado e sim temperado e azedinho) àcom o fogo baixinho coloque o azeite de dendêàdeligue o fogo.



Moqueca de Xangó na folha de bananeira pronta.Xangô.
Modo de servir:
àColoque uma quantidade para ser consumida na folha de bananeira.
àArroz branco.
àPirão.

àFarofa de dendê.

quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

Cassulê.

Arco do Triunfo.
Uma receita preparada pelo o chef Edilson Barreto (Dilsinho). Tem dicas de como servir, colocar os talheres e taças à mesa. Postura correta do vinho á mesa e porção adequada para ser servida.
Vamos à receita?

Cassoulet (Cassulê ou feijoada Francesa).
Ingredientes:
à500 gramas de feijão branco.
à200 gramas de charque (capa de filé) sem gordura, somente carne.
àUm paio.
à150 gramas de bacon.
à200 gramas de frango (pedaços da sua preferência) cortado em tiras e temperado com antecedência.
àAlho- Porro cortado em tiras finas (divida em três partes iguais)
Cassulê. Disposição dos talheres e das taças.
à50 ml de saquê culinário.
àPimentões: verde, vermelho e amarelo cortado em tiras bem finas.
àUma cebola picada.
àDuas colheres de (sopa) de azeite oliva.
àDuas colheres de (sopa) de manteiga.
àTrês folhas de louro.
àUma colher de (café) de sal.

Modo de preparar:

Talheres em seus lugares corretos.
àColoque o feijão branco de molho (com o charque de um dia para o outro) àescorra o feijão, retire o charqueàleve o feijão para cozinhar na panela de pressão +/- 10 minutos com: cebola picada, uma colher de azeite de oliva, sal e três folhas de louro e água na quantidade que cubra o feijãoàrefogue o alho-porro com uma colher de (sopa) de azeite de olivaàjunte o baconàfrite bemàretire do fogoàna mesma panelaàrefogue o paioàretire do fogoàrefogue o frangoàna mesma panelaàcoloque o saquêàalho-porroàrefogue bemàretire o frango do fogoàfrite o charque na mesma panelaàretire o charque do fogo e reserve junto com o: bacon, paio, frango e o charque e misture. Reserveàna mesma panela refogue o feijão branco com duas colheres de manteiga, alho-porro e as tiras de pimentão. Reserve.
Local correto do vinho sobre à mesa.


Montagem do prato:Arco do Triunfo.

àUse uma travessa grande para colocar uma camada de feijão brancoàsobre o feijão; bacon, paio, frango e o charqueàoutra camada de feijão brancoàfaça camadas e finalize com o feijão branco. Sirva com um bom vinho branco ou espumante.

Observação; usamos o jogo americano sobre à toalha para destacar os talheres.





Porção correta para ser consumida.

Nunca use jogo americano sobre uma toalha de mesa.

sábado, 21 de dezembro de 2013

Bobó de camarão.

A casa é sua!A casa é sua!
O jantar de ontem daqui de casa. Servi um bobó de camarão acompanhado de arroz, salada e feijão fradinho. Não quis repetir a ceia do Natal.
Vamos à receita do Bobó de camarão?

Ingredientes:
*Um quilo de camarão médio limpo (quantidade para+/-10 pessoas).
*Dois dentes de alho picados.
*Uma colher de (sopa) de sal.
* Dois limões.
*Coentro picado.
*Um tomate grande picado sem as sementes.
*Uma cebola picada.
*Duas pimentas dedo de moça picadas sem as sementes.
*200 ml de leite de coco.
*Duas colheres de (sopa) de azeite de dendê.
Purê de aipim:
Ingredientes:
Bobó de camarão no fogo!
*700 gramas de aipim cozido na pressão.
*+/- duas xícaras de caldo de camarão, você pode usar o pronto ou fazer o seu, fervendo por 20 a 30 minutos as cabeças, cascas e rabos dos camarões em água que baste.

Modo de prepara:
àBata o aipim com o caldo de camarãoàcolocando aos poucosào purê tem que ficar consistente à reserve.


Bobó, arroz e feijão fradinho ao leite de coco.
àTempere o camarão com; sal e alho àcoloque em uma caçarolaàjunte a cebola, tomate e o suco de limão e o leite de cocoàleve ao fogoàquando abrir fervuraàcoloque o purê de aipim e misture bemàjunte a pimentaà prove o sal (caso seja necessário, coloque mais) àcoloque o azeite de dendê e desligue o fogoà misture o coentro picadoàsirva com arroz e feijão fradinho ao leite de coco.



sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Sugestão de mesa para ceia.

Sempre no dia 20/12 faço um jantar. Esse foi organizado de maneira informal, e a mesa ficou assim:
Mesa para seis pessoas.

Entrada: Salada Leandro Lan.

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Filé de pescada amarela com crosta crocante.

O blog está comemorando seu primeiro aninho! E o receitasdaritinha.com tem atingido sua finalidade. De simplificar receitas e elaborar  pratos simples, alimentando a ideia que, com ingredientes básicos e baratos qualquer um pode brincar de Chef de cozinha!



Vamos à receita de hoje?
Filé de Pescada Amarela com crosta crocante.
Ingredientes:
à400 gramas de filé de peixe lavado e seco em um pano limpo.
àTempero: alecrim, tomilho, salsa, coentro, sal, alho e cebola ralada.
à10 biscoitos água e sal (para fazer a farofa crocante).
àDuas colheres de (sopa) de castanha-do-pará ralada.
àDuas colheres de (sopa) de coco seco ralado.
Filé de pescada Amarela.
à50 ml de azeite de oliva.
Acompanhamentos:
àCenoura cortada no formato de botão.
àArroz temperado.
Modo de preparar:
àPasse os biscoitos no processador (não precisa fazer uma farinha não) àmisture a castanha e o cocoàtempere o filé àcoloque a farofa sobre o fileàacrescente o azeite em fio sobre o peixeàleve ao fornoà temperatura 280° C por 15 minutos.
Monte o prato com a cenoura e o filé de peixe.
Aguarde teremos novidades.


terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Mousse de Chocolate receitasdaritinha.com

História do Chocolate.

Civilização Olmeca que habitava o México
Os primeiros vestígios da descoberta do chocolate são de 1.500 a.C. e vêm da civilização Olmeca que habitava o México na época. O cacau foi aproveitado posteriormente pelos Maias e Aztecas em forma de bebida, considerada sagrada. Nas cerimônias religiosas, o cacau torrado era servido com especiarias e mel.
Os conquistadores espanhóis introduziram a delícia na Europa, onde era considerado um alimento especial por seu valor nutricional e energético. Inicialmente somente mulheres, sacerdotes e nobres o consumiam em cultos da Igreja Católica, depois o cacau foi se popularizando e se diversificando com a adição de outros ingredientes. Os suíços tiveram a ideia de misturar o cacau ao leite, dando origem ao chocolate como nós conhecemos hoje. Típico de clima tropical, o cacaueiro encontra no Brasil um ambiente ideal para o seu cultivo, principalmente nas regiões do Espírito Santo e o sul da Bahia, Ilhéus. Hoje, nosso país é o maior produtor da América Latina e um dos maiores do mundo ao lado da Costa do Marfim, de Gana e do Equador. Fonte:Chocolate Araucária.

Chocolates e amêndoas de café.


Mousse de Chocolate receitasdaritinha.com

Ingredientes:

àTrês gemas.
àTrês colheres de (sopa) de açúcar.
à200 gramas de chocolate meio amargo derretido.
Mousse de chocolate e cobertura de Chantilly.
à100 gramas de chocolate ao leite derretido.
àUma lata de creme de leite sem soro e gelado.
àTrês claras em neve firme (ponto de suspiro).
Cobertura:

Chantilly.
àCreme de leite fresco ou uma lata de creme de leite bem gelado e sem soro.
àTrês colheres de (sopa) de açúcar.
àRaspas de chocolate para decorar.

Modo de preparar:
àBata as três gemas até ficar esbranquiçada (+/- três minutos) àacrescente o açúcar e bata até formar uma gemadaàjunte o chocolate meio amargoà bata por Um minuto e acrescente o chocolate ao leiteàmisture o creme de leite gelado e bata mais um poucoà Junte as claras em neve delicadamente misturando de baixo para cima até obter uma massa lisa e brilhanteà distribua em taças individuais e leva para gelar.

Mousse de Chocolate e cobertura de Chantilly.

Cobertura modo de preparar:
àBata o creme de leite gelado na velocidade máxima da bateiraà vá acrescentado o açúcar aos pouco até obter um creme com consistência de sorveteàcoloque em saco para confeitar e leve para gelar até ficar firme (consistência para formar desenhos).
Decoração:
àUse o saco de confeitar para fazer suspiros no mousse e depois salpique  as raspas de chocolates.




Máscara de Ah Cacau soberano de Tikal no século VII d. C.Chocolate


terça-feira, 26 de novembro de 2013

Filé de Polaca com legenda.

Baiana de acarajé.
1/2 xícara de (chá) de farinha de trigo e um sachê de Sazõn Ervas do Sul.
Filés de Polaca sobre um pano de copa limpo para retirar o excesso de água.
Filé sendo empanado na farinha de trigo temperada com Sazõn.
Em uma frigideira;1/2 xícara de óleo de soja frite os filés. Só vire o lado, depois de fritar bem o outro.
Depois de fritos, coloque sobre papel toalha para retirar o excesso de óleo.
Sirva com:pirão, salada, abóbora em cubos.
Prato pronto para servir.
 Dia Nacional da Baiana de Acarajé, a ser celebrado em 25 de novembro.

sábado, 16 de novembro de 2013

Moqueca de cabeçudo com farofa de castanha e banana farofada.

Forte São Paulo da Gamboa.
Com vocês Gamboa:Arquitetura militar - Construído em 1722, o Forte de São Paulo da Gamboa é tombado pelo Iphan desde 1938. De acordo com um parecer técnico da autarquia, trata-se de um monumento de arquitetura militar do século 18, de grande valor arquitetônico e de notável implementação paisagística, pois situa-se na Gamboa de Baixo, entre o mar e a montanha. Apesar de sua notável importância para o patrimônio cultural brasileiro, a fortificação enfrenta sérios riscos de desabamentos, descaracterização e comprometimento da estrutura, o que impõe a necessidade de obras emergenciais de consolidação e restauração. Uma pena!



Porto da Gamboa (Harbour of Bahia), em 1835, em aquarela sobre papel do Diplomata e artista britânico William Gore Ouselev.

Moqueca de cabeçudo com farofa de castanha e banana farofada.
Ingredientes:
à400 gramas de peixe Cabeçudo (duas postas, porção para duas pessoas).
àDois dentes de alhos amassado.
à Suco de limão (+/- ½ xícara de chã).
 Gamboa.
àUma colher de (sopa) de sal light.
àUm maço de coentros fresco (usar ½ no cozimento e outra ½ para fazer a farofa).
àTomates, cebola e pimentão para decorar.
à200 ml de leite de coco.
à100 ml de azeite de dendê.
Farofa de castanha.
Ingredientes:
àUma xícara ½ de (chã) de farinha de mandioca torrada.
àUma colher de (sopa) de margarina.
àUm dente de alho picado.
àUma cebola média picada.
àUma colher rasa de (café) de sal light ou sachê de Sazõn ervas do Sul.
à ½ xícara de (chã) de castanha de caju torrada.
àCoentros.
àPimenta de cheiro picada a gosto.

Banana farofada.
Ingredientes:
àQuatro bananas da prata maduras e firmes.
àUma colher de margarina.
àUma colher de (sopa) de castanha triturada (farinha de castanha).
àCheiro verde a gosto.

Acompanhamentos:
àArroz branco.

Modo de preparar à moqueca:
Moqueca de cabeçudo com farofa de castanha e banana farofada.
àCom o peixe limpoà tempere com; sal, suco de limão, alho amassado e coentroàdeixe marinar por +/- 30 minutosàdepois de marinado, coloque o leite de cocoà decore com fatias de tomates, cebola e pimentãoàLeve ao fogoàmantenha tampada por +/-5 minutosàprove o salà com fogo baixo, coloque o azeite em fios e desligue o fogoàreserve tampado.

Farofaàaqueça uma frigideiraàcoloque a margarina, alho e a cebolaàfritem sem deixar queimaràjunte a farinha de mandioca e castanhasàdesligue o fogoàacrescente o coentro, sal e a pimenta de cheiro picada.

Banana farofadaàDivida as bananas ao meioàaqueça uma frigideira com margarinaàfrite a banana sem deixar queimaràmisture em um prato a farinha de castanha e o cheiro verde picadoàpasse a banana frita na mistura e reserve.
Montagem do prato:Uma porção de peixe com caldo, arroz, farofa e a banana farofada.


http://www.youtube.com/watch?v=MRNUzc7FWhk

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Moqueca de Bacalhau.

Vin Diesel.
Um prato para comemorar o aniversário de minha sobrinha e afilhada. Ser tia é um prazer e ser madrinha uma honra ainda maior quando se tem uma afilhada especial e única como Daiêny!
Gostamos do azeite de dendê e essa moqueca foi preparada com muito amor e carinho para Day. A menina do ‘sei lá’ e dos filmes de Vin Diesel.

Moqueca de Bacalhau.

Ingredientes:
à700 gramas de Bacalhau dessalgado e desfiado.
àDois dentes de alho amassados.
 Praia de Imbassaí-Litoral Norte, Bahia.
à ½ maços de coentro.
àUma colher de (sopa) de sal (rasa).
àUma cebola picada.
àSuco de um limão.
àUma xícara de (chá) de chuchu picado e cozido.
à400 ml de leite de coco.
à100 ml de azeite de dendê
àFatias de tomates, pimentão e cebola.
Acompanhamentos:

àFeijão fradinho.
àArroz branco.
Ingredientes:
à400 gramas de feijão fradinho cozido e escorrido.
àUma colher de (sopa) de azeite de oliva.
àUm dente de alho amassado.
àUma cebola picada.
àUm tomate picado.
àUma colher de café de (chá) de sal..
à 200 ml de leite de coco.
Moqueca de Bacalhau.



འxícara de (chá) de coentro picado.
à50 ml de azeite de dendê.
Modo de preparar: A moqueca de Bacalhau.
àCom o Bacalhau dessalgado e lavadoà retire o excesso de água do BacalhauàTempere com alho, coentro, cebola, sal e o suco de limãoà decore com fatias de tomates, cebolas e pimentõesàdeixe marinar por 20 minutosà coloque o leite de cocoàleve ao fogo tampado e conte 5 minutosà prove o sal à coloque o chuchu na lateral da frigideira e cozinhe por mais 3 minutosà em fogo baixo coloque o azeite de dendêàdesligue o fogo e mantenha tampado.
Modo de preparar: O feijão fradinho.
àColoque em uma panela o azeite de oliva, alho, cebola e o tomate picado para refogar em fogo médioà coloque o sal e o feijão fradinhoà misture bemàadicione o leite de coco e deixe ferver por 3 minutosàabaixe o fogo e coloque o azeite de dendêàfinalize com o coentroàmisture bem e reserve.
Monte o prato: Arroz branco, feijão fradinho e a moqueca de Bacalhau.

http://www.youtube.com/watch?v=z38q4OnQ3ns